Diário O Município

WhatsApp Image 2024-05-23 at 16.08.37
D ITALIA 1200 X 300
Capa 3 - 825px X 200px - Podcast
SUNSET 1200 X 300
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow

O tempo nesta terça-feira (26) foi marcado pela presença de nebulosidade e instabilidades em todas as regiões do Estado. Conforme a Defesa Civil, um novo ciclone extratropical deve se formar entre a costa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e com isso trazer chuvas fortes e rajadas intensas de vento de até 100 km/h para o Estado.
Conforme o meteorologista Piter Scheuer, esta terça-feira apresentou “ingredientes” suficientes para a formação de temporais por conta da formação de uma nova frente fria. O especialista ressalta que essa condição mantém o tempo instável, e deve se intensificar ao longo desta quarta-feira (27).
O meteorologista aponta que haverá a formação de um ciclone extratropical entre a costa gaúcha e catarinense. Contudo, Scheuer ressalta que o ciclone estará em alto mar e com isso trará rajadas de fortes de vento (de até 80 km/h) e temporais.
Além disso, o meteorologista não descarta a possibilidade de ocorrência de rajadas de vento de até 100 km/h nas cidades mais próximas das praias do Litoral catarinense.
Conforme um novo alerta emitido pela Defesa Civil, por volta das 8h30 aponta risco para chuvas intensas, com risco moderado para ocorrências associadas a alagamentos e enxurradas pontuais no Sul catarinense. Ainda, conforme a pasta, em alguns momentos as chuvas podem superar os 80 mm no extremo Sul do Estado.
A Defesa Civil aponta ainda, que o processo de formação de um ciclone no oceano provoca temporais com raios, rajadas de vento, granizo e chuva pontualmente intensa, iniciando no Grande Oeste e se deslocando para as demais regiões do estado ao longo da manhã e da tarde.
O alerta teve início às 13h desta terça-feira e se mantém ativo até às 18h desta quarta. As regiões com maior risco são: Planalto Norte, Alto e Médio Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Planalto Sul e grande parte do Meio-Oeste catarinense.

Formação de ciclone extratropical traz chuvas e ventos intensos para Santa Catarina

O tempo nesta quarta-feira será marcado por instabilidades em todo o Estado. Conforme a Defesa Civil, as chuvas devem ficar mais concentradas nas áreas de divisa com o Rio Grande do Sul onde começam desde o início da madrugada de quarta.
Ainda, conforme o órgão, esta condição ocorre devido ao avanço de uma frente fria, associada ao processo de formação de um ciclone extratropical na costa entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul.
Com a formação do sistema, os ventos mudam para quadrante sul, com rajadas de intensidade moderada a forte, principalmente nas áreas litorâneas, onde podem marcar entre 50 a 70 km/h. Como consequência, o mar fica muito agitado e com risco para ressaca.

Declínio nas temperaturas na quinta-feira no Estado

Na quinta-feira (28), o dia amanhece com ventos de sul e sensação de frio, devido à entrada de uma massa de ar mais fria na região. Apesar disso, a melhora nas condições do tempo é breve, até o final do dia os ventos começam a mudar para norte, trazendo maior umidade e possibilidade de pancadas de chuva na porção oeste e faixa norte do Estado.
Nas áreas de divisa com o Rio Grande do Sul, o tempo segue mais firme, porém ainda há muita variação de nebulosidade. A sensação é de frio no amanhecer, com valores abaixo de 10°C na maior parte do Estado. Além disso, as máximas não passam de 23°C, com exceção de pontuais acima deste valor no Oeste.

Fim de semana será chuvoso no Estado

Entre sexta-feira (29) e sábado (30), a chuva não dá trégua. Ainda há condições para chuva em todas as regiões, em especial das áreas centrais ao Litoral Norte do Estado, influenciados pelo transporte de umidade do oceano para o continente.
Em contrapartida, o risco para temporais é menor em relação ao início da semana. As temperaturas ficam amenas, com máximas abaixo de 20°C em grande parte de Santa Catarina.