Diário O Município

D ITALIA 1200 X 300
Capa 3 - 825px X 200px - Podcast
SUNSET 1200 X 300
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow

O novo prefeito de Tubarão, Jairo Cascaes (PSD), promoveu um verdadeiro passaralho no primeiro escalão do governo no final da tarde desta sexta-feira (11). Em um ato de exoneração, dispensou todos os secretários municipais, presidentes de fundação, procurador geral do município e gestores de autarquias (veja a lista abaixo). O único salvo foi Tarcísio Hemkemeier, secretário de Gestão. Os servidores foram comunicados da decisão por volta das 17 horas.
Em nota, a prefeitura informou que “a medida visa a um processo de reavaliação da estrutura do governo”.
Os órgãos cujos gestores foram exonerados passarão a funcionar sob a responsabilidade de servidores efetivos ou de segundo escalão.
Jairo Cascaes foi eleito prefeito na última segunda-feira (7), em eleição indireta na Câmara de Vereadores. A votação aconteceu após renúncia de Joares Ponticelli (PP) e Caio Tokarski (UB), réus na Operação Mensageiro.

Servidores exonerados:

Carlos Zamparetti (Cidadania), presidente da Fundação de Cultura;
Deka May (PP), presidente da Fundação de Desenvolvimento Social;
Adriana Mariano, presidente da Fundação de Educação;
Luiz Ernani Buerger, presidente da Fundação de Esportes;
Julio Kurisquinho (PP), presidente da Fundação de Meio Ambiente;
Daisson Trevisol (PSD), presidente da Fundação de Saúde;
Amanda Perraro, procuradora geral;
Jairo Sampaio (PP), secretário de Agricultura e Interior;
Giovani Bernardo, secretário de Des. Econômico, Tecnologia e Inovação
Raphael Bianchini, secretário de Fazenda;
Evandro Almeida, secretário de Segurança, Trânsito e Patrimônio;
Marcone de Oliveira, secretário de Urbanismo;
Elienai Rosa Braz, secretário de Infraestrutura;
Dionísio de Quadros (Cidadania), Serviços Públicos;
Diego Goulart (UB), coordenador de Proteção e Defesa Civil;
Giovani Brasil, coordenador da Cosip;
Ângelo Pulita, Procon