Diário O Município

WhatsApp Image 2024-05-23 at 16.08.37
D ITALIA 1200 X 300
Capa 3 - 825px X 200px - Podcast
SUNSET 1200 X 300
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow

A PCPR apurou que o grupo aliciava motoristas para que simulassem um roubo de cargas e, posteriormente, furtavam as cargas e os caminhões

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, dia 5, para cumprir 39 ordens judiciais contra uma organização criminosa ligada a pelo menos dez furtos de cargas no Paraná e em Santa Catarina. A ação conta com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina.

Dentre as ordens judiciais estão um sequestro de veículo, 12 mandados de prisão preventiva, 12 bloqueios de contas e 14 mandados de busca e apreensão. A operação acontece simultaneamente na capital paranaense e em Barra Velha, Joinville, Santa Rosa do Sul, São Francisco, Tijucas e Morro da Fumaça, em Santa Catarina.

Durante as investigações, a PCPR apurou que a organização criminosa aliciava motoristas para que simulassem um roubo de cargas e, posteriormente, furtavam as cargas e os caminhões. Os motoristas iam até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência, mas na realidade tinham entregado as cargas.

“Identificamos que a organização criminosa era bem dividida, com uma divisão de tarefas bem nítida. Tinham líderes que eram responsáveis por acompanhar os motoristas até o local onde iriam dormir, enquanto outro integrante desligava o sistema de rastreamento e permanecia com eles até a carga ser ocultada e irem à delegacia fazer o falso registro”, afirma o delegado da PCPR André Feltes.

Os suspeitos são investigados por organização criminosa, falsa comunicação de crime, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e furto qualificado.