Diário O Município

WhatsApp Image 2024-05-23 at 16.08.37
D ITALIA 1200 X 300
Capa 3 - 825px X 200px - Podcast
SUNSET 1200 X 300
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow

A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina negou nesta quinta-feira (25) o pedido da defesa do vice-prefeito de TubarãoCaio Tokarski (UB), para que a prisão preventiva fosse convertida em domiciliar. Ele está preso desde fevereiro e semana passada foi transferido de Itajaí para o presídio de Criciúma.

O vice-prefeito foi preso preventivamente durante a terceira fase da Operação Mensageiro, em 14 de fevereiro. São apurados supostos crimes de corrupção envolvendo desvio de verbas públicas na coleta de lixo em diversas cidades catarinenses.

O pedido ocorreu em decorrência da intoxicação medicamentosa por ingestão de comprimidos de paracetamol que levou Caio ao hospital dias antes da transferência.